O Marketing nas Pequenas e Médias Empresas

abr 06

Em geral as PME’s (pequenas e médias empresas), assim como alguns profissionais liberais, acreditam que marketing não é para elas, ou então, que fazer marketing é simplesmente produzir um folheto e distribuí-lo nas redondezas, fazer alguns banner’s, ou mesmo, pintar o muro do seu bairro com o nome da sua empresa.

Isso tudo pode até fazer parte de alguma estratégia, mas obviamente, marketing é muito mais amplo do que isso, porém, isso não quer dizer que um mito ou que seja algo ao que sua empresa nunca terá acesso.

Se entendermos o Marketing como uma ciência voltada para o entendimento do seu consumidor, aliada ao fato de trazer mais resultados para sua empresa através da satisfação das suas necessidades, talvez fique mais fácil compreender todas as suas possibilidades.

Quando digo entender seu consumidor, é conhecê-lo mesmo, saber quem é ele, como decide suas compras, como prefere pagar – cartão ou dinheiro – onde mora, se faz as compras perto de casa ou do trabalho, se ele se preocupa com o ambiente da sua loja, com a comodidade que você oferece… enfim há uma gama de informações importantes a serem identificadas que poderão ser utilizadas posteriormente para melhor atendê-lo nos aspectos relevantes para ele. Como você pode perceber, até agora não falamos de fazer nenhum folheto ou banner!

Quer dizer então que é só isso, conhecê-lo para melhor atendê-lo? Não, não é somente isso, mas eu diria que “isso” é a parte principal, a mais importante e de tão óbvia, normalmente, não é praticada pelas empresas… infelizmente.

Quando falamos de satisfazer as necessidades dos consumidores estamos ainda falando do básico, pois o ideal mesmo seria “encantá-los”, ou seja, superar suas expectativas. E isso só pode ser obtido quando os conhecemos verdadeiramente. Utilizando como exemplo o mercado de luxo, esse encantamento implicaria em oferecer uma grande sofisticação, pois esses consumidores possuem uma expectativa bastante elevada, normalmente associada a fatores menos tangíveis como exclusividade, excelência em serviços, perfeição de acabamento, e tudo o mais relacionado a esse mundo feito para poucos. Nesse caso, as empresas, sejam pequenas, médias ou grandes, devem ter outro enfoque nas suas ações de marketing, pois a comunicação não poderá ser de massa, não poderá se utilizar de veículos populares, o atendimento deverá ser especializado, e a ambientação da loja deverá ser extremamente bem pensada, entre outros aspectos.

Por outro lado, tratando do mercado popular, provavelmente será necessário adequar a questão do preço e das formas de pagamento, buscando fornecer orientação para que o consumidor utilize as ferramentas financeiras de forma consciente. No tocante à propaganda, nesses casos, poderá ser mais simplificada, porém, deve-se atentar para que seja clara e muito objetiva e não exija que o consumidor fique decifrando idéias mirabolantes.

Artigo publicado na revista Carreira & Negócios – jan/09

9 comentários

  1. Devair Batistela /

    Sandra!
    Sou aluno do MBA em Marketing pela UFPR,e gostei do tema abordado. Sabe-se da carência de ações de marketing básicas e necessárias ao desenvolvimento do pequeno e médio varejo, do desinteresse e falta de informação do pequeno e médio empresário, da falta de visão de investimentos em marketing na pequena e média empresa, da aplicabilidade de ferramentas de marketing. Mas o que realmente chama a atenção além dos temas abordados anteriormente é que as referencias e casos apresentados em cadeiras universitárias sempre são de grandes grupos ou empresas, nem sempre aplicáveis as pequenas e médias empresas. E nunca se faz menção ou comentários de ações específicas para este mercado. Sou graduado há 15 anos essa é a terceira especialização que faço e jamais vi abordagens, estudos e casos pertinentes a este assunto.
    Enriquecedora e respeitável a proposta.

    Devair Batistela

  2. Olá Devair,
    Muito obrigada pelos seus comentários, espero ter contribuido de alguma forma.
    Mantenha contato!!
    abs, Sandra

  3. Marcos Cruz /

    Sandra, no seu texto entendi que estratégia de marketing para pequenas e médias empresas, são praticamente nulas, isto por se tratar de cultura, ou acreditam que marketing, é somente investimento, e não uma ferramenta de sobrevivencia?

  4. Caro Marcos,
    É isso mesmo, muitas PMEs ainda vêem o marketing como custo e não como investimento, infelizmente!
    Abs.

  5. Rayane Manhães /

    Olá! Realmente gostei bastante do artigo e concordo plenamente! TRbalho numa empresa junior de consultoria no estado do RJ, e trabalhamos e temos um Plano de Marketing para a nossa empresa. Gostaria de saber se tem alguma dica relacionada ao marketing de prospecção para pequenas empresas como a minha, voltada para um público de classe média! Obrigada e parabéns!

  6. ola Rayane, que bom que vc gostou.
    Posso indicar varias agencias. O que vc precisa exatamente?
    abs
    sandra

  7. ola Rayane, que bom que vc gostou.
    Posso indicar varias agencias. O que vc precisa exatamente quando diz mkt de prospecção?
    abs
    sandra

  8. Elisangela Jaques /

    Olá! Ótimo o seu artigo, eu o escolhi, para comentar como um trabalho da disciplina de Gestão Organizacional da faculdade. Parabéns pela sua visão ampliada.

  9. Olá, Elisangela!

    Obrigada pela interação, fico feliz que tenha utilizado o artigo para o seu trabalho! Se precisar de alguma coisa, entre em contato!

    Grande abraço!

Trackbacks/Pingbacks

  1. O Marketing nas Pequenas e Médias Empresas | Blog da Gráfica Mais - [...] Sandra Turchi | www.sandraturchi.com.br Postado por Gráfica Mais | www.graficamais.com.brRua Adônis, 67 – São João Clímaco – SP [...]

Deixe um comentário